domingo, 22 de janeiro de 2012

Sintra, Capital do Romantismo...

Graças a um bom amigo da blogosfera e do Facebook, tive o privilégio (porque o é, de facto) de poder ver esta curta-metragem/documentário sobre a belíssima Sintra. Sem mais comentários, que aqui são desnecessários!

Thanks to a dear blogger friend also from Facebook I had the privilege indeed of watching this short film/documentary about beautiful Sintra, in the western outskirts of Lisbon. Without further unnecessary comments!


Muito obrigado, Paulo!

RIC

6 comentários:

Malena disse...

Sintra é uma maravilha! :) Obrigada! :)

Porque acho que vais gostar: http://obloguedamalena.blogspot.com/2012/01/jesus-maria-e-as-correntes.html

RIC disse...

É mesmo, cara Malena, é mesmo!...
Há mais qualquer coisa sobre Sintra aqui no blogue, mas terei de procurar, porque já não me lembro (2006 ou 2007).
E vou seguir para o endereço que deixaste... Obrigado!
:-)

cafc disse...

Meu caro RIC
Ponto prévio, sou um tosco incurável. Os comentários eliminados eram meus e mais não “digo”, sem a presença do meu advogado.
Um documentário “maravilhástico”, acompanhado por um texto “fantasbuloso” do trio da Malena.
Permitam-me que (entre o romantismo de Sintra e o pânico de Maria, provocado por ארנב! ארנב) deixe este “link”:
http://www.cm-sintra.pt/Artigo.aspx?ID=3444
Se o אלווארו quiser aproveitar a sugestão…
Um grande abraço.
Carlos

RIC disse...

Olá caro Carlos!
Bem-vindo! Finalmente!
Acabo de ter a sensação nítida e distinta do que é, realmente, esta minha Babel... Pode ser mesmo confuso!...
O «Pânico de Maria» é fabuloso! E Sintra é do melhor que a Natureza nos poderia oferecer, aqui às portas de Lisboa. Somos felizardos!
Obrigado!
Um abraço!
:-)

cafc disse...

Meu caro RIC
Obrigado pelas boas vindas mas, já tinha cá estado. Porém e como tosco incurável (“analfab(N)eto”), fiquei “às voltas” na “estação” A CARRIS não divulga supressões?! e deixei-a “suja”. Se não te importares, vai até lá e utiliza a “esfregona”…
Espero que, desta vez, consiga deixar a “casa limpa”, tal como a encontrei.
Um grande abraço.
Carlos

RIC disse...

Já percebi, caro Carlos, e não te preocupes com isso, porque 1) a Carris merece! (Rsrsrs!!!) e 2) esta minha torre tem um extraordinário sistema de limpeza que... não deixa vestígios!
Podes voltar sempre que quiseres, mesmo que tenhas os sapatos sujos... Afinal, é Inverno!
:-)