quarta-feira, 29 de agosto de 2007

Um recado – muito – importante!


Recentemente, Bill Gates fez uma alocução numa escola secundária sobre onze factos que os alunos não aprenderiam – nem aprenderão! – na escola.

Referiu como as pedagogias lúdicas, politicamente correctas, criaram uma geração de indivíduos sem nenhum conceito da realidade, e como essa falácia os armadilhou para o falhanço no mundo real.

Regra 1: A vida não é justa: habituem-se à ideia!

Regra 2: O mundo não quer saber da vossa auto-estima. O mundo espera que vocês realizem algo ANTES de se sentirem bem convosco próprios.

Regra 3: Não vão ganhar mil euros por mês (*) mal saiam da escola secundária; nem serão vice-presidentes com telefone no carro enquanto não tiverem merecido ambos.

Regra 4: Se pensam que o vosso professor é duro e exigente, esperem até terem um patrão!

Regra 5: Servir hambúrgueres não belisca a vossa dignidade. Os vossos avós tinham uma palavra diferente para servir hambúrgueres: chamavam-lhe oportunidade.

Regra 6: Se fizerem asneira, a culpa não é dos vossos pais; portanto, nada de lamúrias sobre os vossos erros; aprendam com eles!

Regra 7: Antes de vocês nascerem, os vossos pais não eram tão chatos como são agora. Começaram a sê-lo por pagarem as vossas despesas, por limparem a vossa roupa e por vos ouvirem dizer que vocês é que são fixes. Assim, antes de quererem salvar a floresta equatorial de parasitas da geração dos vossos pais, tentem desparasitar os roupeiros dos vossos quartos.

Regra 8: A vossa escola pode ter abolido vencedores e vencidos, mas a vida NÃO. Em alguns casos, até as reprovações foram abolidas, e vocês têm TANTAS VEZES quantas quiserem para dar a resposta certa. Isto não tem a mínima semelhança com QUALQUER COISA na vida real.

Regra 9: A vida não se divide em períodos. Não há Verões inteiros de férias, e muito poucos empregadores estarão interessados em ajudar-vos a ENCONTRAREM-SE. Façam isso no vosso tempo livre.

Regra 10: A televisão NÃO é a vida real. Na vida real, as pessoas têm realmente de sair do café e ir para os seus trabalhos.

Regra 11: Sejam simpáticos para com os marrões. É altamente provável que acabem por trabalhar para um deles…

(*) Adaptação à realidade portuguesa.

Se concordar, faça circular este recado.
Se tiver filhos em idade escolar, faça-os lê-lo.
… E, já agora, por ter podido lê-lo, agradeça ao seu professor...

Encontrará o texto original
aqui.

Thank you so very much, dear M.!

Traduzido por RIC

18 comentários:

CTG disse...

Obrigado! de rien. J'aime bien ton traduction, bien que je ne comprenne pas le portugais, lol... Merci.

RIC disse...

Hello CTG!
N'as pas de quoi, mon cher!
Ah oui, ça ce n'est que pour rire follement (lol!): tu aimes bien ma traduction, bien que tu ne la comprennes pas du tout! Lol! Merveilleux, mon cher! Tu fais l'humour britannique maintenant?! Lol! Et je ris encore!...
Salut, mon cher! Merci à toi! :-)

Special K disse...

Muito bem, o Sr Bill Gates a dar lições de vida. Há tantas coisas que, infelizmente, não se ensinam na escola. Grande parte delas só se vão aprendendo ao longo da vida e à custa dos erros que cometemos.
Um abraço.

kevin disse...

Ric
Bonjour mon ami,
Je ne comprends pas le traduction aussi mais je comprends un petit peu.

Je te souhaite un bon mercredi monsieur.

Abraco meu amigo,
Kev en Nouvelle Zelande

RIC disse...

Olá Paulo!
Concordo contigo, só posso! Mas não vejo mal em que aquele que muitos dos mais jovens acham que fez fortuna «porque sim» lhes diga algumas coisas sobre o que é o mundo real e que desperdiçar o pouco que a escola possa oferecer é asneira.
Um abraço! :-)

RIC disse...

Hello dear Kevin!
Lol!!! Chaque jour, une autre langue, n'est-ce pas? D'accord!
Je crois que tu voulais dire:

«Je ne comprends pas la traduction non plus, mais j'arrive à la comprendre un petit peu.»

C'est juste come ça?
Et moi je te souhaite une très bonne nuit et j'espère que tu te reposes bien!
Um abraço para ti também!

(Is it today that I'm getting a black eye?... Lol!
There's a link to the English text at «aqui».)

kevin disse...

Si, es hoy que vas obtenir un ojo negro! :)

un fuerte abrazo mi amigo,

Kev en Nueva Zelanda

RIC disse...

... Well, I guess I was just asking for it all along... Lol!
Um forte abraço para ti também, meu amigo!

RIC em Portugal

GMaciel disse...

Dignos conselhos de quem começou numa garagem. Já conhecia este texto, mas nunca é demais relembrar o que o mesmo nos oferece. Acredito que verei recompensados os meus esforços por educar o meu filho com uma visão real do mundo, pois não só não lhe escondo o que quer que seja, como lhe inculco os valores e princípios com os quais me educaram.
Infelizmente, até hoje isso tem-lhe sido prejudicial porque quem é diferente, por norma é estigmatizado.
Aguardo o futuro sem grandes expectativas, mas com alguma esperança.
jocas grandes, Ric

r.porter disse...

Ric,
os jovens de hoje têm a sorte de evitar marradas com estas e outras lições de vida.
Ainda assim ainda existem fiéis seguidores de S. Tomé, ver para crer ou marrar para aprender, feitios!
Mas nunca é demais passar o recado.
Boa ideia, excelente tradução e "belo" recado final.
Vou fazer a minha parte!
Beijinho.
Yo

RIC disse...

Olá Graça!
Para mim, mais importante do que quem as disse são as verdades que foram ditas. Salvo alguns exageros tipicamente norte-americanos, creio que as práticas escolares «deixaram cair» uma série de princípios e valores sem que tal possa ser minimamente explicado, quanto mais justificado...
Nos dias de hoje não será nada fácil educar um filho... São inúmeras as solicitações contraditórias vindas de toda a banda. Manter uma linha de coerência inteligente é, assim, ainda mais difícil. E contrariar o que é comummente aceite...
Muitas felicidades, Graça, para ti e para ele!
Beijinho! :-)

RIC disse...

Olá, minha querida Yo!
Não quero saber por onde andas, mas espero e desejo que estejas a tirar o maior proveito possível das tuas férias! Fico muito contente por estares «sintonizada»! Obrigado!
Concordo contigo: puseste o dedo na ferida. A «ideia» de que só se aprende batendo com eles na parede é quase criminosa! este tipo de mensagens deve ser passado, ainda que só aproveite quem aproveitar. Mas neste caso o silêncio é veneno!
Muito obrigado pelos elogios!
Quanto à tua parte, sei que já estás a fazê-la há muito!
Continuação de muito boas férias!
Um beijinho terno! :-)

Bernardo Moura disse...

Vou fazê-lo circular!
Abraço

RIC disse...

Olá Bernardo!
Acho muito bem e agradeço! Sabe sempre bem fazer alguma coisa para ajudar os outros, mesmo que certas idades assim não achem... Já passámos por isso.
Um abraço! :-)

L. Antão disse...

Obrigado pela tradução desta lição. Vou seguir a tua sugestão e divulgá-la porque receio que o Sr. Gates esteja absolutamente certo.

Shadow disse...

Gostaria de ter lido isto, juntamente com a minha afilhada. Pena ela não saber ainda ler...
A escola da Vida, dá-nos estas «regras» todas... Contudo é tão bom, quando temos alguém por perto a dizê-las.
Não vou agradecer ao professor. Vou sim, agradecer ao «boss» :-) (Opsss! Isto não era para dizer)

Beijinhos! :-)

RIC disse...

Olá Luís A.!
Não tens de quê, meu caro! Se fosse só o Sr. Gates a pensar e a dizer estas verdades, é bem provável que eu não as tomasse por tal... Mas o certo é que também eu penso assim! E há já uns bons anos...
Um abraço agradecido! :-)

RIC disse...

Olá Carla!
Bem, «de pequenino é que se torce o pepino»... Mas não achas que ela será ainda muito novinha para ouvir este tipo de verdades?... Se ainda não sabe ler... Também nem oito nem oitenta! A infância deve ser vivida e usufruída, livre de constrangimentos... Já bem basta o que basta...
Quanto a agradecer ao «boss»... Tu é que sabes, minha cara...
Beijinho! :-)