quarta-feira, 20 de dezembro de 2006

I. Palavras que avivam o meu fascínio pelo Alemão…

Streichholzstächelchen:
Pauzinho de fósforo.

Geschwindigkeitsbegrenzung:
Limitação de velocidade.

Bundesausbildungsförderungsgesetz:
Lei federal de fomento da formação.

Donauflußdampfschifffahrtsgesellschaft:
Sociedade de navegação fluvial a vapor do Danúbio.

Nachmittagskinderunterhaltungsprogramm:
Programa vespertino de entretenimento infantil.

Rindfleischetikettierungsüberwachungsaufgaben-

übertragungsgesetz !!!


Pelos deuses do Olimpo que alto moram! Esta é que é um genuíno bico de obra! Tinha de vir do sector jurídico… Mas vamos por partes. Primeiro, com alguma ajuda da Altavista, em Inglês e Francês, respectivamente, será:

Law of transmission of the monitoring tasks of beef labelling.
Loi de transfert des tâches de surveillance d'étiquetage de viande bovine.

Então, eis uma proposta para o Português:
Lei de transmissão das tarefas de supervisão da etiquetagem de carne bovina.

Livra! Custou, mas lá saiu…
Como é que uma «designação» destas não haveria de pôr o «Landtag» (Parlamento) do Estado federal do Meclemburgo-Cis‑Pomerânia em peso a rir a bandeiras despregadas?!… Nem mesmo depois de ter traduzido tenho a certeza de perceber o que realmente quer dizer… E o meu convívio constante com a língua alemã remonta a 1974!

Esta «palavra» é de 1999, e foi nesse mesmo ano proposta pela Sociedade de Língua Alemã para a escolha da Palavra do Ano. Pudera!…

RIC

6 comentários:

pinguim disse...

Ric, tu já deves ter reparado que eu tenho um ódiozinho de estimação pelos germanos...
Uma das coisas que ajuda é isto...ou seja esta linguagem áspera, rude e terrivelmente autosuficiente, como este édito prova.

RIC disse...

Já, já tinha reparado muito bem, João! Não deixa de ser um preconceito, mas tudo bem...
Têm eles tanto de «typical German» como nós de «typical Portuguese», se é que me faço entender.
Quanto à língua, ela NÃO é nem áspera, nem rude. Curiosamente, será auto-suficiente - como eu... E é, das línguas modernas, a mais parecida (em estruturas) com o Grego Clássico... E esta, hein? Donde é que virá a excelente tradição filosófica, donde será?...
E este édito só prova que o Alemão é hilariamente aglutinante... Nada mais! (rsrsrs!)
Disse!
Um abraço!

disse...

A palavra do ano merece! Olha, se fosse pelo tamanho, acho que merecia o título de palavra da década! HEhehehehe

Não conheço nada da língua alemã, mas conheço sua fama de linguísssssssssssimas palavras! =)

Beijão!
=)

Shadow disse...

Ric, acreditas que gargalhei com este édito? Parecia uma tonta a tentar pronunciar estas vulgares (lol) palavras. Só mesmo eu!
Foi a descompressão de um dia
f...atigante!
Obrigada.

Beijinhos.

RIC disse...

Olá Lê! Sê bem aparecido!
Juro que desde sempre foi algo que me divertiu no Alemão: as palavras mais longas que comboios/trens...
O mais difícil nem é pronunciá-las; é dar-lhes a entoação correcta. É bem divertido!
A palavra da década - rsrsrs!
Obrigado!
Beijão!

RIC disse...

Ainda bem que te divertiste! Nem tudo tem de ser enfadonhamente sério no tocante à cultura. Podemos sempre aprender qualquer coisa com um sorriso nos lábios e até à mistura com umas boas gargalhadas. Quando encontrei a «lei de transmissão...» fartei-me de rir! E a ideia do édito vem daí!
Protege-te! Está um «briol» alto lá com ele!
Obrigado!
Beijinhos!