sábado, 28 de outubro de 2006

Four sons / Quatro filhos

Time for a joke to cheer up!

Four friends, who hadn't seen each other in many years, are reunited at a party. After several drinks, one of the men had to use the rest room. Those who remained talked about their sons.
The first guy said: "My son is my pride and joy. He started working at a successful company at the bottom of the barrel. He studied Economics and Business Administration and soon began to climb the corporate ladder and now he's the president of the company. He became so rich that he gave his best friend a top of the line Mercedes for his birthday."
The second guy said: "Darn, that's terrific! My son is also my pride and joy. He started working for a big airline, and then went to flight school to become a pilot. Eventually he became a partner in the company, where he owns the majority of its assets. He's so rich that he gave his best friend a brand new jet for his birthday."
The third man said: "Well, that's terrific! My son studied in the best universities and became an engineer. Then he started his own construction company and is now a multimillionaire. He also gave away something very nice and expensive to his best friend for his birthday – a 30,000 square foot mansion…"
The three friends congratulated each other just as the fourth returned from the restroom and asked: "What are all the congratulations for?"
One of the three said: "We were talking about the pride we feel for the successes of our sons. What about yours?"
The fourth man replied: "Well, my son's gay and makes a living dancing as a stripper at a nightclub."
The three friends said: "What a shame…! What a disappointment…!"
The fourth man replied: "No, I'm not ashamed at all. Why should I be? He's my son and I love him very much. Besides he hasn't done too bad either. His birthday was two weeks ago, and he received a beautiful 30,000 square foot mansion, a brand new jet and a top of the line Mercedes from his three boyfriends."
(Slightly changed)

Posted by Robguy on October 5.th


Venha uma anedota para animar!

Quatro amigos que já não se viam há muitos anos encontram‑se numa festa. Depois de uns copos, um deles tem de ir à casa de banho. Os que ficam põem‑se a falar dos filhos. Diz o primeiro:
– O meu filho é o meu orgulho e a minha alegria. Começou de baixo a trabalhar numa companhia de sucesso. Estudou Economia e Gestão de Empresas e logo foi subindo lá dentro. Hoje é o presidente da companhia. Está tão rico que pelo aniversário deu ao melhor amigo um Mercedes topo de gama.
Diz então o segundo:
– Caraças, isso é porreiro! O meu filho também é o meu orgulho e a minha alegria. Começou a trabalhar para uma grande companhia aérea. Depois aprendeu a pilotar e tirou o brevet. Acabou por se tornar sócio da companhia, sendo agora sócio maioritário. É tão rico que pelo aniversário deu ao melhor amigo um jacto novinho em folha.
O terceiro homem diz em seguida:
– Caraças, que porreiro! O meu filho estudou nas melhores universidades e agora é engenheiro. Montou uma empresa de construção civil e agora é multimilionário. Também deu algo fantástico e caríssimo ao melhor amigo pelo aniversário – uma mansão com quase 2800 metros quadrados…
Os três amigos felicitam‑se uns aos outros quando o quarto volta da casa de banho e pergunta:
– Porquê esses parabéns todos?
Um dos três diz então:
– Estávamos a falar do orgulho que sentimos pelos êxitos dos nossos filhos. E o teu?
Responde o quarto homem:
– Bem, o meu filho é gay e ganha a vida como stripper a dançar num bar.
Os três amigos dizem:
– Que vergonha!… Que desilusão!…
Replica então o quarto homem:
– Não, não sinto vergonha nenhuma! Porque é que haveria de sentir?! É meu filho, e eu gosto muito dele. Aliás, ele também não se saiu nada mal. O aniversário dele foi há duas semanas, e recebeu uma linda mansão de quase 2800 metros quadrados, um jacto novinho em folha e um Mercedes topo de gama dos três namorados.

Pois é. Três no armário e um feliz da vida…

12 comentários:

Carioca disse...

Muito bom!
Ah! Acho que aquele probleminha já passou!rs
Até mais. Um abração!

RIC disse...

Olá Carioca! Ainda bem para ti! A tecnologia sabe ser caprichosa, para nosso desespero...
Obrigado e um abração para ti também! :-)

Joel disse...

lol

In a joking mood are we?

Or just lazy?

lol

Either way, funny!?

Minge disse...

Fabulously hilarious!

RIC disse...

Not that much, Joel. The week was so stressful though that I decided to have some laughs just to relax.
As to being lazy, dear Joel, may I remeind you that I translated the text, okay? I am some times lazy, but not this one... You lost!
Keep up the good work with the photos: They're really great! :-)

RIC disse...

Do you really think so, Minge?... Well, I'd say it's funny due to the commical situation, but I really enjoyed translating it... Not such a great reason, I know...
Have a nice weekend! :-)

Shadow disse...

Risos...

Como diria a minha afilhada, «bem fêta!»

(Espero que a disposição tenha melhorado significantemente)

Beijinho :-)
Bom Domingo!

RIC disse...

É apenas uma anedotazinha... Mas é verdade que me ajudou a mudar de disposição. Obrigado!
Tens uma afilhada alentejana ou é ainda pequenina?
Um beijinho para ti também, Carla, e um bom Domingo!
Parece que vai estar bom tempo! :-)

André disse...

Vendo bem, no mundo actual esses são os vectores que determinam o sucesso de cada um, o dinheiro principalmente, mas o ter uma família tradicional também, o prestígio da profissão... E o que significa tudo isso? Há coisas tão mais importantes, o difícil é acreditarmos nelas quando desde pequenos nos enfiam pela cabeça essa treta toda.

RIC disse...

Olá André, boa noite!
Tenho de reconhecer que é verdade o que afirmas quanto aos padrões de realização e de «sucesso» que pais inculcam nos filhos. Não passei por isso - para bem e para mal -, mas conheço essa realidade.
Curiosamente, é a busca da «felicidade» individual que provoca o questionamento desses mesmos padrões, a ponto de já lhes chamarem «essa treta toda»...
Eis como uma anedota inconsequente pode dar um bom motivo de reflexão!
Obrigado!
Um bom Domingo!

Minge disse...

Yes, very funny. The topic of friendship is hardly ever funny, but when it is, it's hilarious.

RIC disse...

I don't know about the UK, Minge, but around here macho bonding always makes me have some delicious laughs. I guess that's the way I somehow «received» this joke. I can clearly picture in my mind those three bragging guys...