terça-feira, 24 de outubro de 2006

Books from all over the world

As everything else in life, my «20.th Century Novel Top 50» is also reaching the end. Here I leave you the last ten titles.

Marguerite DURAS, L'Amant de la Chine du Nord (France)
Erich Maria REMARQUE, Im Westen nichts Neues (Germany)
Jean-Paul SARTRE, Les Chemins de la Liberté (France)
Luis SEPÚLVEDA, El Viejo Que Leía Novelas de Amor (Chile)
Alexandr SOLJENITSINE, Arkhipelag Gulag (Russia)
John STEINBECK, To A God Unknown (United States of America)
William STYRON, Visible Darkness (United States of America)
Antonio TABUCCHI, Requiem (Italy)
Gonzalo TORRENTE BALLESTER, La Saga/Fuga de JB (Spain)
Virginia WOOLF, Mrs. Dalloway (United Kingdom)

If you're now looking for the complete Top 50, here are the four references to the previous posts:
Julho/18;
Agosto/8;
Agosto/24;
Outubro/9.

I wish I could go a little further from this Top 50 onwards…
I wish you would name a few novels that really were/are quite significant for you on a lifetime scale, so to speak. I'll then try to organise a list of your suggestions and post it.
It would be another way of exchanging ideas and reading experiences.
Thank you.

10 comentários:

Ricardo disse...

My dear,
Sorry for been so lazy answering your posts!:D

Lindão, eu vou fazer uma lista dos livros que já li, também! Well, when i have the time for this!

Kisses, my portuguese friend!

:D

RIC disse...

Dear Ricardinho! Então confessas a tua preguiça... Está bem! Quem confessa o pecado...
Quanto ao meu pedido, não se trata de uma lista exaustiva, mas apenas da indicação de «a few» títulos que cada um considera mais marcantes para si próprio. SE quiseres, podes mandar por correio electrónico.
Kisses for you too, my Brazilian friend!
Tudo de bom!

Shadow disse...

Assim de súbito, seria para mim, uma tarefa quase impossível , fazer um 'top' de romances que realmente gostei.Com mais tempo, quiçá...
Todavia, recentemente li um que surpreendeu-me ,«Meu AMOR, era de noite» de Vasco Graça Moura.
Achei interessante a questão colocada pelo livro : Saber se ainda é possível, no princípio do século XXI, o romance sentimental.

Continuação de uma boa semana.
:-))

RIC disse...

A minha ideia, Carla, é a de reunir os títulos mais significativos, os mais marcantes apenas - dois, três -, à escala da vida do leitor. Pensa nisso e diz-me depois qualquer coisa.
No meio desta borrasca, mal consigo ouvir o Chopin que escolhi para esta noite...
Bom «meio de semana», como dizem os alemães!

André disse...

Eu sou um aficionado da ficção científica e da fantasia, as tais paraliteraturas, sendo que os poucos livros "dignos" de integrar uma lista desse género que eu li, são em número tão reduzido (vergonha à minha) que não me permitem a ousadia de ainda andar a opiniar quais deles os melhores. De maneira que, tal lista terá pois de fazer-se sem a minha contribuição. Eu vou ter, no entanto, o maior prazer em lê-la.

RIC disse...

... Mas também não serei eu a apresentá-la, André... Não só não sou grande apreciador do género como pouco - ou nada - poderia dizer em termos de títulos.
Em compensação, encontrei mais alguma coisa de vulto para a lista de literatura homófila... Aguarda!
Um abraço!

André disse...

Acho que houve aqui um mal-entendido.
"I wish you would name a few novels that really were/are quite significant for you on a lifetime scale, so to speak. I'll then try to organise a list of your suggestions and post it."
Foi neste sentido o meu comentário.
Eu acho uma graça imensa a listas, faço listas para tudo. Espero ansiosamente a lista dos livros que mais marcaram quem me acompanham neste prazer, que é a leitura do teu blog.

RIC disse...

Ah essa!!! Meu caro André! Se eu ficar à espera dos «dois ou três» - não é preciso mais - romances mais marcantes ou mais significativos na vida de cada um dos possíveis gentis colaboradores, bem, o melhor, já percebi, é sentar-me e esperar que a vontade passe...
Quanto ao teu gosto pela ficção científica e fantasia, não vejo porque é que qualquer título paraliterário não possa integrar a dita lista! Afinal, já não se trata da dita «alta literatura», mas sim de livros que por razões íntimas, pessoais, nos marcaram...
E se tens livros nestas condições, deverias revelá-los! Digo eu...

Gumby disse...

OMG, I was laying in bed last night trying to remember the title "Mrs. Dalloway". And I just couldn't remember it, even though I loved it. And "The Hours", which made me want to read "Mrs. Dalloway".

RIC disse...

Hello Gumby! I'm glad this kind of lists may be of some help to others. «Mrs. Dalloway» is a masterpiece indeed! I think I should re-read it...
Best wishes, dear Friend!