terça-feira, 5 de setembro de 2006

O prazer da melancolia ao piano...

СЕРГЕЙ РАХМАНИНОВ -
- SÉRGUEI RACHMÁNINOV

(1873, Oneg, Rússia - 1943, Beverly Hills, Califórnia, EUA)

«He was a man of many talents.
One of the greatest pianists the 20.th century had the privilege to listen to, both live and on records; he was also a superb emotionalist composer and a great orchestral conductor.

Born into an aristocratic family in Tsarist Russia, he studied at the Moscow Conservatoire, where he met and idolised Tchaikovsky, which would play a decisive role in his composition.

Not all his early works were immediately successful, his first symphony in particular, and this led to a period of depression, cured only by hypnosis. So grateful was Rachmaninov for this that he dedicated his «Second Piano Concerto», a masterpiece, to the doctor responsible.

Just prior to the 1917 October Revolution, Rachmaninov left Russia for America, never to return. There he devoted much of his time to his career as a pianist at the expense of his music writing, which he much regretted. In the last decade of his life, however, he managed to devote more time to composition, producing some of his finest works.

Much of his music has an inner vitality that brings out an immediate positive response in the listener.»


© The Cadenza Collection, London, UK

«Um sentimentalão do piano, completamente perdido num tempo que já não era o seu, refém de uma escola musical que nunca deveria ter sido a sua. Uma obra anacrónica, plangente, sobretudo apreciada pelos que têm a lágrima fácil… Ou o ouvido pouco treinado…»

… E foram sendo repetidas observações semelhantes ao longo de anos e anos. Felizmente é sabido que a contínua mudança do gosto com o tempo que passa acaba por fazer justiça a quem a merece.

Não creio haver outra arte onde este fenómeno seja mais visível. O melhor exemplo, e o mais recente também, é o da música barroca, quase completamente ignorada ou mesmo mal tratada até que, de repente, foi «descoberta». E sobre ela fez‑se luz. De então para cá, compositores e escolas têm sido divulgados como nunca o haviam sido do século XVII aos nossos dias. Hoje, muito simplesmente, não se passa sem música barroca.

Estou em crer que Rachmáninov terá finalmente o seu lugar de direito entre os muitos compositores que marcaram a História da Música do século XX e nela têm já o seu lugar. Plangente, melancólica, nostálgica, fruto da dificilmente perscrutável «alma russa», a sua música para piano, em particular, contém sublimes momentos de verdadeiro êxtase, de rendição total e absoluta aos mistérios insondáveis do Homem que só a inefável arte do som consegue captar e devolver na medida exacta.

Try and listen to some of his piano pieces. I'm sure you'll enjoy them very, very much!...

10 comentários:

Shadow disse...

Queria ter palavras para comentar este post, mas ele ultrapassa todas as que eu possa ter/pensar/escrever...Sinto-me (ainda) uma leiga em Rochmáninov.

Por 'falar' em piano, atrevo-me a deixar uma sugestão:
http://www.dumpalink.com/media/1134559689/The_Piano_
(Perde 2 minutos, acho que vale a pena).

Votos de uma boa noite :-)

Ps- Proposta aceite (ver o teu perfil). Oportunamente, comento.

Ricardo disse...

Oi, meu querido!
Estou vindo aqui pra dizer que estou sumido ainda, mas vou regularizar a situação!!
Hauhauhauhau!

Beijão!

RIC disse...

SHADOW - Hoje já não me será possível (andei por outras bandas...), mas amanhã será das primeiras coisas a fazer! Obrigado!

Quanto a música, nunca se é totalmente leigo: ou se sente ou não se sente. O resto é como saber que há nove planetas... (Ai, que já dei barraca!) Pois... Eu queria dizer oito, não é?... Sabes... É o hábito. (Uf! Parece que me safei...)

E depois do teatro, uma boa noite para ti também! :-)

RIC disse...

Então RICARDINHO, perdeste-te em Campos?! Foi uma fuga e tal!

Fica tranquilo! Não costumo ser ansioso. Está à tua vontade!

Mas adorei saber de ti!
Outro beijão pra vc!!!

castor disse...

I like his music a lot!

Joel disse...

I'm sorry to say I've never heard of him.

But maybe I've heard his music.

RIC disse...

Hello, Hans!
Good for you! After all that has been said and written about his music, I think it's a miracle that some pianist still wants to play it... Isn't this a fair world or what?...
Alles Gute, mein lieber!

RIC disse...

Well, Joel, in my opinion, the only thing to be really sorry for is if you've never heard his music, because it's beautiful indeed.

Gumby disse...

Rachmaninov's 2nd symphony and 2nd piano concerto are 2 of my favorite pieces of music. absolutely beautiful music.

RIC disse...

Wow, Gumby, we're on the same «wavelength» now: I'm listening to his 2.nd piano concerto right now. I do enjoy listening to his music!
I'm really happy about this! :-)