terça-feira, 29 de agosto de 2006

Queda de amor


Tropecei num nome
E caí na tua vida

Perigosas as quedas
Inesperadas, impreparadas

Onde não devia
Mas queria

E a fantasia dizia
Fica, fica

Se queria, se queria
Quem diria

Tropecei em ti
E saí da tua vida

E a fantasia dizia
Não vás, fica

Se queria, se queria
Quem diria

E saí e caí
E sofri

E o teu nome
Já não estava ali

Sem fantasia fiquei
Não onde queria

Não na tua vida
Onde não devia

Nos meus olhos
Chovia, chovia

E eu sem fantasia
Esquecia, esquecia.

2 comentários:

Carioca disse...

Como você deve saber, o chão de Copacabana é todo revestido com essas pedras pretas e brancas, imitando as ondas do Mar.
Esse tipo de decoração entrou na moda quando o Rei João VI se mudou pro Brasil, no início do século XIX. Aliás, ela é conhecida como decoração de pedras portuguesas!

RIC disse...

Exactamente, Carioca, trata-se de um exemplo da chamada «calçada portuguesa» que reveste a maioria dos passeios de Lisboa (e de outras cidades do país). Há trabalhos artísticos lindíssimos espalhados um pouco por toda a cidade.
Usei este exemplo aqui, porém, com outra intenção...
Um abração! Tudo de bom!