terça-feira, 4 de setembro de 2007

«C'est en septembre» | «September Morn»


Paroles - Gilbert Bécaud & Maurice Vidalin
Musique - Gilbert Bécaud & Neil Diamond
(1977)




Les oliviers baissent les bras
Les raisins rougissent du nez
Et le sable est devenu froid
Au blanc soleil
Maîtres baigneurs et saisonniers
Retournent à leurs vrais métiers
Et les santons seront sculptés
Avant Noël

C'est en septembre
Quand les voiliers sont dévoilés
Et que la plage tremble sous l'ombre
D'un automne débronzé
C'est en septembre
Que l'on peut vivre pour de vrai

En été mon pays à moi
En été c'est n'importe quoi
Les caravanes le camping-gaz
Au grand soleil
La grande foire aux illusions
Les slips trop courts, les shorts trop longs
Les hollandaises et leurs melons
De Cavaillon

C'est en septembre
Quand l'été remet ses souliers
Et que la plage est comme un ventre
Que personne n'a touché
C'est en septembre
Que mon pays peut respirer

Pays de mes jeunes années
Là où mon père est enterré
Mon école était chauffée
Au grand soleil
Au mois de mai, moi je m'en vais
Et je te laisse aux étrangers
Pour aller faire l'étranger moi-même
Sous d'autres ciels

Mais en septembre
Quand je reviens où je suis né
Et que ma plage me reconnaît
Ouvre des bras de fiancée
C'est en septembre
Que je me fais la bonne année

C'est en septembre
Que je m'endors sous l'olivier.















Stay for just a while
Stay, and let me look at you
It's been so long, I hardly knew you
Standing in the door
Stay with me a while
I only want to talk to you
We've traveled halfway round the world
To find ourselves again

September morn
We danced until the night became a brand new day
Two lovers playing scenes from some romantic play
September morning still can make me feel that way

Look at what you've done
Why, you've become a grown-up girl
I still can hear you crying
In the corner of your room
And look how far we've come
So far from where we used to be
But not so far that we've forgotten
How it was before

September morn
Do you remember how we danced that night away
Two lovers playing scenes from some romantic play
September morning still can make me feel that way

September morn
We danced until the night became a brand new day
Two lovers playing scenes from some romantic play
September morning still can make me feel that way.

… Será possível que estas canções tenham já 30 – trinta! – anos?…
Hoje deixo-vos com a francesa cantada por Bécaud, uma letra claramente mediterrânica.
Noutro dia ouvirão a versão mais «romântica» de Neil Diamond, de que me lembro sempre que Setembro chega e o Verão se despede…

RIC

17 comentários:

Maria disse...

Também sentiste o Setembro!?
É mesmo espantoso. Estas músicas têm realmente estes anos todos mas continuam bem frescas nas nossas memórias.
Boas recordações.
Beijinho e obrigada pelo conselho.Mas não está fácil!

RIC disse...

Olá Maria!
Sinto-o chegar todos os anos, por várias razões. A mais importante, talvez, é que nunca gostei de Agosto e sempre adorei Setembro.
Acho que estas duas canções são a banda sonora do meu início de Outono...
Sê perseverante! Hás-de conseguir!
Beijinho! :-)

r.porter disse...

Obrigada Ric,
por me fazeres recuar no tempo, sentir o cheiro dos livros e o mais importante recordar aquele que adorava esta música e por arrasto me fez gostar dela, como fez com tantas outras.
Só tu para ires buscar estes tesouros!
Mais uma vez obrigada.
Beijinho
Yo

RIC disse...

Olá querida Yo!
Não tens de quê, minha cara, o prazer é todo meu!
Pois é... Pelos vistos, só eu... E cada um verá a «coisa» do lado que mais lhe agradar: ou curiosidade histórica ou... nostalgia exacerbada...
Ainda bem que te agradou! Fico muito contente!
Um beijinho! :-)

dondon009 disse...

"Dancing until the night became a brand new day...." it all seems so very long ago but;

I remember it well ~ and Neil Diamond, like those September mornings, has become just a memory!

Thank you for a bit of nostalgia.

DON

Simon disse...

Hi Ric
You've just woken up my neighbours - had my volume up and didn't realise music on your site. Ha ha.

Hope you are doing great - still on the move here.

Love
Leone xx

Simon disse...

ooops now you know my secret ..... :-) How did that happen?

disse...

Belíssima canção, amigo alfacinha!

Eu comecei a estudar francês, mas tive que parar. Será, com certeza, a próxima língua que estudarei! Além de ser uma língua deliciosa, é importante em termos de historiografia!

Enquanto aí no Reino o verão se despede, aqui sentimos cada vez mais a sua proximidade. Os dias têm sido mais longos e as temperaturas mais altas, por mais que ainda agradáveis.

Para o verão propriamente ainda falta uma primavera inteira. Mas o que é a primavera senão um verão mais brando e florido, não é mesmo? Assim, vou esperando sem pressa.

Aprendi a apreciar a primavera há muito pouco tempo, para ser específico em minhas idas à universidade. As manhãs do Aterro do Flamengo ficam floridas e mais alegres. Além do que, acho que, mesmo passando muito tempo defendendo preferir o frio ao calor, acho que acabei me rendendo ao calor dos trópicos. Sabe que hoje até vejo certa graça nesse calorzinho? Além das pessoas ficarem mais soltas, tem ainda a alegria/euforia do final do ano. Acho que combina.

E você, como vai?

Beijos!

Catatau disse...

Meu Deus, Ric, és um incorrigível romântico! :)

(São gostos, mas um pouco melhor o Diamond, do que o Bécaud. Olha, tudo menos o Vítor Espadinha! :P)

Special K disse...

Setembro é um mês de nostalgia pois marca sempre o fim do Verão, o fim do sol e a chegada do tempo frio.
Gilbert Bécaud lembra-me dainha infãncia pois ouvia os velhos discos da minha mãe ou da minha tia. Lá podia sempre contar com os velhos êxitos da daquele tempo em que se ouvia música francesa: Era o Bécaud, o Art Sullivan, o Adamo ou o Joe Dassin. Do Neil Diamond não consigo gostar.
Um abraço.

RIC disse...

Hello dear Don!
I surely don't mean to disturb anyone with my nostalgia... The truth is these songs still play an important role in my life.
If we could, we shouldn't compare our memories with the present: after all, they became memories because they somehow escaped time...
You're welcome, dear friend, this pleasure is mine indeed!
Best wishes! :-)

RIC disse...

Hello dear... Simon!
Well, I guess your secret's gone, dear friend! But somewhere, somehow, I had already got that «piece of information». I read it on a blog a while ago, I guess...
So sorry for the loud music! I just love having a «music blog»! Lol! I've been discovering new and also old things everyday.
Still on the move, huh?... Have a great time in Indochina, dear friend!
Oh and don't worry a bit: your secret is safe with me! Honest! Lol!
Hugs! :-)

RIC disse...

Olá Lê!
Como estás, caro amigo? Obrigado!
O Francês exige muito trabalho, mas é uma língua belíssima! Está comigo desde a infância... Nada a fazer...
Por aqui, é o Verão que se despede: «são as águas de Setembro fechando o Verão»... Por acaso - e estranhamente - acabou de chover...
Bem, se esse «calorzinho tropical» não for igual à canícula do deserto, tudo bem! Eu continuo a dar-me melhor com o frio. Ou pelo menos, com menos calor... E a minha estação preferida é realmente o Outono. A Primavera é muito bela, mas é também muito exuberante.
Espero e desejo que esteja tudo bem com vocês!
Felicidades, meu caro!
Abração e beijão! :-)

RIC disse...

Olá João M.!
Sou, não sou? Rsrs! Pois é, meu caro, nada a fazer!...
Bem, e comparar Diamond ou Bécaud com o Espadinha... Agora sou eu que não sei o que te diga... A mim, nunca me passaria tal coisa pela cabeça!
Mas tens razão: são gostos.
Abraço! :-)

RIC disse...

Olá Paulo!
Cada um com os seus caminhos... Nos meus, há um longo trajecto em que se ouve música francesa, os cantores ditos de charme de 60, os cantautores como Brassens... Aznavour, claro. Piaf e Brel, Moustaki... E muitos outros.
(Mas nunca ouvi Sullivan. É outro mundo.)
Do Neil Diamond gosto da voz e menos do repertório. De «September Morn» gosto muitíssimo! Delicio-me a ouvir...
Abraço! :-)

Shadow disse...

"Well, it's a long, long time
From May to December.
But the days grow short,
When you reach September.
And the autumn weather
Turns the leaves to gray
And I haven't got time
For the waiting game"
(...)

Ok..ok...Eu sei que canto pessimamente mal. Já me calei.

Setembro teima em trazer-me «isto».Pronto! Tenho ouvido repetidamente, em versão jazz, nos últimos dias...

Beijinho :-)

RIC disse...

Olá Susana!
Pela amostra em anexo, não me parece que «cantes» assim tão mal!
É curioso como parece que cada um de nós tem a sua banda sonora do quotidiano...
Pena não teres dito o que é e de quem é... Mas eu descubro!
Um óptimo Setembro para ti!
Beijinho! :-)