sábado, 14 de julho de 2007

I. 355 posts = 365 days!


Não me parece ter sido grande a deriva em relação às intenções iniciais. Um balanço mais detalhado ficará, porém, para um momento (próximo, prometo) menos agitado, menos dominado pela emoção.
Aqui começa um festejo que pretendo possa de algum modo ser representativo do que neste espaço foi acontecendo e aparecendo ao longo deste ano. Como não disponho de estatísticas (e mesmo que dispusesse…), a representatividade é avaliada a «olhómetro». Ah pois! Que festas não se fazem em função de percentagens! Desejo tão-só que pela diversidade possa agradar a muitos. Já me darei por satisfeito.
A todos os meus amigos bloguistas lusófonos, os meus sinceros agradecimentos pela preciosa ajuda que a vossa presença e intervenção tem sido para mim – um expresso de luxo que me tem trazido através de paisagens de outro modo inacessíveis e que me permitiu atravessar um deserto que, sem o vosso apoio insistente, teria sido um suplício.
Pelo bem que me têm feito, bem hajam!

Segue a versão inglesa do original português publicado há exactamente um ano, que encontrarão
aqui.


«The road that brought me here was a long one, but the journey was worth all the troubles I've encountered.
By a coincidence that I wish to be a good omen, it's in the middle of the seventh month of the fifth/sixth year (you'll choose the hypothesis that your knowledge of History will tell you to) of the third millennium that I start this activity.
I'm expectant about myself because of the goals I intend to reach. I know it won't always be easy, but – I'm sure of it – it will be quite stimulating and amusing. I will do my best. I will count on your best as well.
As to the heading of this space, well… Firstly Latin, a so-called dead language, right?
But all over Europe the number of those who enrol in this subject, learn it, and come to master it has been growing each school year. Maybe Portugal won't miss this train. Even if it gets in the last wagon, it won't matter in this case. But fear nothing: there will be no posts in Latin, I guarantee you. Yet, as to other languages, I intend to post in English, French, and German with some frequency. I wouldn't like to exclude Spanish, Italian and Dutch, languages that I dearly treasure in my heart. But I cannot predict what is for the future to determine. My will is strong. So may some ingenuity help it and make it company.
Then, what the heading means… On (the) handsome men and others (subjects). I'll have many chances of uttering myself, exemplifying, and exchanging opinions on what this means. Right now – and to hinder an exclusively gay, reductive reading of it – I'll say not only that but also that: both exterior and interior (little valued) masculine beauty, ways trod by the new man in search of everything that converges with a value that is absolute to me – respect. Respect for oneself, for others, for the space he inhabits, for future generations, for the past. For differences and diversities. For the immense richness that we all can be on this planet. If this will happen to be the way to cover, I have no doubt in my mind that men will be really handsome. One has not to fear words. I don't.
I know, it's the plain truth, women are more beautiful. They've always been and will always be. A disadvantage for Y chromosome, well known, that provokes asymmetries prevented by the X one. What to do? Well, while the "strong" sex (oh, what a pain!…) doesn't die out, may it have enough discernment to please – a lot – to all around it, always in accordance with the respectful and respectable inclinations of each and every one. The world will certainly be much better a place, much more beautiful.
The good omen referred to above relates to July 14.th – France National Day.
May the cybernautical ether promote and materialize the taking of many more Bastilles, so that "The Foam of the Days" may be light, white, and luminous.
So, dear blogger friends, this is the moment for you to start leaving your comments. May suggestions, advices, and critiques, whatever will come, be a guide to me.»

This is the English translation of my very first post ever. One year ago!

Thanks a lot to all my blogger friends who came to mean so much to me!
I hereby declare the weekend party open!
Enjoy!

RIC

22 comentários:

André Benjamim disse...

Quase 10 minutos depois da 1.ª tentativa para entrar nesta página (a dos comentários) finalmente consegui (a Kanguru, aqui no interior esquecido e ostracizado, só apanha bem nas cidades, e é às vezes): para te dar os parabéns, esperando que durante muitos anos mais possa fazer o mesmo.

Abraço.

pinguim disse...

Parabéns, Ric!
É um prazer enorme "estar contigo", nesta data, pois, como já te disse, te considero um pouco o "parinho" do meu blog.
Ao longo deste ano escreveste sobre muitas coisas, sempre de uma forma impecável, e procurando ser abrangente.
quase na sua totalidade, estive de acordo com o que disseste, embora por vezes, não muitas, os teus raciocínios voassem altos de mais para as minhas asas.
O facto de maior realce, deste teu primeiro ano bloguista, foi sem dúvida alguma, a "crise do início do ano".
Mas, ainda bem , que tudo acabou por se resolver.
Gostaria e estou convencido que assim será, de, no próximo 14 de Julho estar aqui a escrever algo sobre o teu 2º. aniversário.
Parabéns pela data e parabéns, sobretudo pelo blog, que é, sem dúvida, uma referência na blogosfera.
Abraço apertado do teu amigo João C.

RIC disse...

Olá André B.!
Não há fome que não dê em fartura! Rsrsrs! Muito obrigado, meu caro!
Quase não acredito que o Kanguru possa funcionar mal, já aqui é uma verdadeira «máquina» a qualquer hora... Tens toda a razão: interiores esquecidos e ostracizados...
Assim espero e desejo também!
Muitas felicidades!
Um abraço! :-)

RIC disse...

Olá João C.!
Muitíssimo obrigado pelas tuas palavras! É muito agradável partilhar este momento com os amigos de «longa data», aqueles que fazem parte do internacional «Happy Few Club»...
Quanto aos altos voos não haverá muito a fazer, a não ser estar mais atento ao que é do domínio do real; quanto à ficção, continuarei a voar como gosto.
Que no próximo 14 de Julho andemos todos por aqui como agora é também o meu desejo!
Os meus sinceros agradecimentos, meu caro!
Um excelente fim-de-semana! :-)

Special K disse...

Parabéns pelo primeiro aniversário, que este blogue conte muitos mais. Eu ainda sou mais bebé, só faço um ano lá para Dezembro.
Um abraço, boa festa e cuidado com as ressacas :)

RIC disse...

Olá Paulo!
Muito obrigado, meu caro! Cá estaremos para a tua festa também!
A festa será divertida (penso eu), mas não será por isso desregrada... Algumas ressacas conseguem estragar as boas memórias...
Um abraço! :-)

lampejo disse...

Olá Ric! Apesar de apenas nos conhecermos virtualmente, foi um prazer compartilhar contigo "momentos", aqui e ali ao longo deste tempo.
Espero puder continuar a compartilhar mais "momentos", ao longo desta recta , curva e linha.
Parabéns!
Abraço!

RIC disse...

Olá Lampejo!
Muito obrigado, meu caro amigo! Igualmente, o prazer tem sido também meu!
O contacto é, de facto, virtual, mas não creio que os conhecimentos o sejam... Serão reduzidos, mas são reais.
Felicidades!
Um abraço! :-)

dondon009 disse...

Happy 1sr Brithday, Ric!

I look forward to many more years of reading your beautifully written posts.~

Have a wonderful weekend........

Um abraço,

DON

RIC disse...

Hello dear Don!
Thank you so very much, dear friend! That very feeling is mutual indeed!
Have a great weekend too!
Um abraço! :-)

Tongzhi disse...

Eu também tive dificuldade em conseguir escrever nos comentários.
Tentei tantas vezes, mas tantas mesmo, que cheguei a pensar que estava na "lista negra" do Ric. Mas não, não era verdade!!!
Ora um ano é uma marca, numa unidade de tempo muito importante.
Assim, aqui deixo os votos de muitas felicidades para o seu autor e e para os "homens belos e também para os outros", pois claro!!!!!!

Shadow disse...

Muitos parabéns!
Espero que este seja o primeiro aniversário de muitos mais.
Reli o teu primeiro édito e pareceu-me ser ontem que o li pela primeira vez...
Tem sido para mim, um enorme prazer acompanhar esta «Babilónia».
Obrigada!
Muitas felicidades!«Tchim-tchim»!

Com ou sem festa, com ou sem ressaca, um excelente fim-de-semana para ti.
Beijinhos :-)

RIC disse...

Olá Tongzhi!
Parece que as dificuldades de navegação se têm vindo a distribuir pelas plataformas e pelos servidores... Noutro dia, até me disseram que o modem novo tinha dado o berro... Experiências de Verão?...
Pois é, apesar dos pesares, um ano já lá vai... Impressionante...
Ainda bem que te deste conta de que aqui não há listas negras de espécie nenhuma! T'arrenego! Rsrsrs! Logo eu, sempre a pregar contra a censura! Mas de vez em quando é capaz de haver um bocado de... mau feitio... Mas também não passa disso...
Muito obrigado, meu caro! E os teus votos fazem todo o sentido para mim: em geral, os belos são os outros... Podes crer! (Dizem que o que lava os olhos pouco mais faz... Se calhar é mesmo verdade! Rsrsrs!)
Excelente fim-de-semana!
Um abraço! :-)

RIC disse...

Olá querida Carla!
... E já lá vai um ano... Muito obrigado! Quando me pus a traduzir aquele textinho com mais de um ano pareceu-me que o tinha escrito na véspera... Estranha esta noção do tempo no universo blogosférico...
Ah, mas TU és fundamental nesta Babilónia! Senão, como é que eu, por exemplo, faria ver a alguns mânfios que têm de apurar e afinar a sensibilidade?! Sem com isso - obviamente! - darem em «princesas» ou em «prima-donas»!... Rsrsrsrs!
Além de que tu és da casa, por assim dizer, claro!
Felicidades para ti também! Saúde!
Tchim-tchim! :-)

(Haverá mais umas coisinhas, mas durante o dia, por causa do calor, não me apeteceu estar aqui sentado... A noite é melhor conselheira...)

r.porter disse...

Parabéns Ric,
Continua a embelezar e a enriquecer a tua Babilónia e o nosso conhecimento, como tão bem tens feito até aqui.
Se houvesse as 7 maravilhas da blogosfera, para mim esta Babilónia era uma delas.
É um prazer passear por aqui.

Beijos, muitos...

Luis disse...

Pelo que leio e pela minha experiência pessoal estou tentado a propor a nomeação do Kanguru como o operador de internet mais gay do mercado. Mas o importante é este teu aniversário, ainda por cima sendo o primeiro e com tantas coisas boas pelo caminho. Coisas boas e amigos bons, porque no fundo também é isso que se tenta ir construindo aqui, ou a partir daqui. Um abraço bem grande e muito, mesmo muita, longevidade bloguista!

Catatau disse...

Parabenizo-te (tenho pouquíssimas oportunidades de utilizar esta palavra!) e encho-me de orgulho por ver como continuas a ser uma referência incontornável da blogosfera. Fazes falta, pá (como diria o Otelo).
Espero que permaneças still crazy after all many years! ;)))

RIC disse...

Olá minha querida RPorter!
Depois dos parabéns dados pessoalmente, deixas aqui o registo dos mesmos. Fico muito contente! Há quem não tenha receio de gastar a palavra, ao contrário de outros... (Isto é uma estocada no ser português que comentarei contigo pessoalmente).
Parece que até há essa mesma «distinção» (já a vi por aí). Não querendo reeditar uma situação da raposa e das uvas, mesmo assim digo que esse 7 ficou um bocado inquinado demais para o meu gosto... Sigamos todos em frente fazendo o que gostamos e partilhando isso com os outros! Não são os prémios nem as distinções que nos farão dar mais e melhor de nós, mas sim a nossa boa vontade! A tua, decerto, causará inveja a muitos!...
Muito obrigado, minha querida! Esta Babilónia «é todinha sua, viu?» Rsrsrs!
Beijinhos também para ti! :-)

RIC disse...

Olá Luís!
És capaz de ter razão quanto ao Kanguru! Será que não poderíamos pôr essa constação a «funcionar» de algum modo a nosso favor?... Vou meditar no assunto...
Muito obrigado pelos teus gentis votos, meu caro! Partilho a cem por cento a tua concepção de que esta «plataforma» deve ser o ponto de partida para algo mais. Creio bem que já tive essa irrefutável prova durante os dois meses de quase paragem forçada. Não poderei esquecer os incentivos que recebi...
Um apertado abraço! Tudo de bom!
:-)

RIC disse...

Olá João M.!
Acho uma maravilha a presença de espírito para usar esse verbo! Parabéns! Rsrsrs!
Muito obrigado, meu caro! Gosto muito do «fazes falta, pá»! Muito mesmo! Já quanto a «referências incontornáveis» nem tanto... Soam-me a «rotundas», a «presidentes de câmaras», a «classe política»... Rsrsrs!
Mas agradeço, naturalmente!
Ah podes crer, meu! Tenciono continuar tão «crazy as they come for as long as I live! Oh yeah! Bet your sorry ass on that!» Rsrsrs!
Grande abraço para ti, meu caro!
:-)

Miguel & Bruno disse...

Apesar do atraso não podia deixar de vir aqui felicitar-te pelo 1º aniversário! Abraço, Bruno

RIC disse...

Olá Bruno!
Muito gentil e muito simpático este teu gesto, meu caro! Muito obrigado! Fico sensibilizado!
E não há qualquer atraso, acredita. Uma semana é o tempo que os éditos se mantêm «à vista», pelo que os comentários são sempre bem-vindos e recebem resposta.
Para ti e para o Miguel, um abraço amigo! :-)