sexta-feira, 26 de janeiro de 2007

Dianne Reeves, «Strings Attached»


25 de Janeiro de 2007
21:00
Grande Auditório
Duração: 1:30 (sem intervalo)

«Dianne Reeves é hoje considerada uma das mais directas sucessoras das grandes vozes femininas do jazz: Sarah Vaughan, Billie Holliday ou Dinah Washington.
A cantora norte-americana iniciou a sua carreira no final dos anos setenta, mas foi na década de oitenta que viu reconhecido o seu virtuosismo, tornando-se a primeira vocalista a assinar contrato com a editora Blue Note/EMI.
"Good Night, and Good Luck", a banda sonora original do filme homónimo (2005) realizado por George Clooney, relançou a carreira da diva do jazz, logo após ter recebido o Grammy para Melhor Interpretação de Jazz.
O sucesso de vendas e o novo disco que a cantora gravou com o duo que a acompanha esta noite em palco justificam o seu regresso a Portugal.»

Eh pá! O espectáculo foi o máximo! E um dos vários bis foi… "Misty"!… É preciso dizer mais alguma coisa?

Dianne Reeves is today considered one of the immediate successors of great feminine voices of jazz as Sarah Vaughan, Billie Holliday or Dinah Washington. The North‑American singer initiated her career by the end of the 70s, but it was in the 80s that she saw her virtuosity recognized, becoming the first vocalist to sign a contract with Blue Note/EMI publishing company.
"Good Night, and Good Luck", the original soundtrack of the homonymous film (2005) directed by George Clooney, relaunched the jazz diva's career, soon after she received the Grammy for Best Jazz Interpretation.
The selling success and the new album the singer has recorded with the duo that accompanies her on stage tonight justify her coming back to Portugal.

Oh man! The show was great! And one of the several encores was… "Misty"…! Do I need say more?

RIC

32 comentários:

Gray disse...

Oh my, Ric! Does that mean that you are going to see her performance? I hope that you can and do!! That would be wonderful entertainment!

Lampejo disse...

Ainda bem que gostaste...
Viver em Lisboa tem as suas vantagens, está-se perto da cultura.

disse...

nTá aí! Vou anotar a pedida!

Eu não a conhecia, mas vou tomar seu post como uma sugestão! Para ser sincero, não conheço muito de Jazz. Talvez fosse legal eu conhecer alguma coisa já que a Bossa Nova também é conhecida nos Estados Unidos como "Brazilian Jazz". Mas, cá entre nós, acho o termo exagerado! Influências sempre existem. Mas não se pode reduzir a Bossa Nova a uma sucursal tupiniquim de música de gringo, né!!! Heheheheheheheheh

Abração!

PS: Eu respondi nos comentários do post anterior sobre o recorte cronológico da minha pesquisa! =)

JoeL disse...

It must have been a great show.

How big was the place?
I love this kind of show when the place is small, more intimate.

I'm glad you had fun!

The Brian disse...

She's pretty amazing.

Catatau disse...

Eu, o mais perto de jazz que estou é dos sons da Blue Note...

Tongzhi disse...

Olha m'este gajo :)
Devias era ter avisado com tempo do concerto.
Agora para nos fazer pirraça...
Não havia necessidade :)

MrTBear disse...

NOP..... JAZZ não é a minha onda. Já me tentaram ensinar, mas eu nada...
Fica a sugestão, talvez um dia...
BOM FIM DE SEMANA

Maurice disse...

Tu e essa tua impertinente mania de provocar inveja... :)

Abraço

RIC disse...

Hello dear Gray! I'm not going. I DID go to see her performance! Are the final lines of this post not clear enough?
She has a great voice, and I like her repertoire very much!
Wish you the best!

RIC disse...

Olá Lampejo! Se gostei!...
Tenho de concordo contigo quanto a Lisboa. Mas estou em crer que a situação geral do país, neste aspecto, está hoje melhor do que há uns anos. Ainda que... pudesse estar melhor, é certo.
Um abraço! :-)

RIC disse...

Olá Lê! Eu também não sou grande amante de jazz, a não ser daquele mais melódico - e também mais divulgado, verdade seja dita...
O repertório de D. Reeves agrada-me precisamente por ser uma continuação das grandes senhoras do jazz norte-americano.
Quanto a chamarem «Brazilian Jazz» à Bossa Nova, parece-me abusivo. Aliás, o que ontem ouvi no espectáculo foi a forte influência das sonoridades brasileiras no estilo de D. Reeves!
Para mim, como já te disse, a Bossa Nova é única! E eterna!
Muito obrigado!
Abração! :-)

RIC disse...

Hello dear Joel! Thank you so very much! The place is not big. I don't like huge concerts like those that take place in stadiums.
It's a normal theatre room, where I watched Christopher Cross last summer, remember?...
I did have a great time!
Best wishes! :-)

RIC disse...

Hello Brian! Thank you very much!
Yes, she is amazing indeed! I loved each and every song she sang. Her presence on stage is also very impressive!
I wish you the best! :-)

RIC disse...

Olá Catatau! Não sou grande amante de jazz em geral, confesso, mas tenho uma devoção muito grande pelas grandes senhoras do passado. Quando soube que D. Reeves navega nessas mesmas águas, decidi ir ver... E adorei! Grandes canções e uma excelente voz!
Abraço! :-)

RIC disse...

Olá Tongzhi-gajo! Oh que pena! Não tive a intenção de te fazer qualquer pirraça...
Como sou vizinho do CCB, posso sempre aceitar uma borla às 20:30 e estar na sala às 21:00... Topas?
(Agora já tens uma razão para te roeres de inveja! Rsrsrs!!!)
«Habia toda a nechechidade, chim chenhor!» Rsrsrs!
:-)

RIC disse...

Olá Teddy Bear! Há muitos estilos de jazz, meu caro! Este é o que eu chamo «jazz clássico melódico», e não tem nada que ver com «jam sessions» e improvisações, de que não gosto.
Bom fim-de-semana!
Um abraço! :-)

RIC disse...

Olá Maurice! Ai eu é que provoco inveja?! Ou será que há por aí uns quantos invejosos que não podem ver um pobre com uma camisa lavada, hein?...
Mas já que tenho a fama, que tenha também o proveito: fui à borla!
Rsrsrs!
Abraço! :-)

Tongzhi disse...

Eu só sou vizinho dos bombeiros. Qualquer dia começam a convidar-me para o "baile" :)

RIC disse...

Olha Tongzhi, como diz o outro, «eu já fui muito feliz» em certos «bailes de bombeiros» que eu cá sei... Há já uns bons anitos, tinham lugar aos Sábados à tarde... Era dançar até cair para o lado! Belos tempos!... E o local não era distante da Faculdade de Ciências...
:-)

Shadow disse...

Xiii...! Isto é «maldade», Ric!
Logo ontem que jantei a 2 minutos do CCB...:-)
Também não sou grande fã de Jazz porém ultimamente tenho dado um «passitos» pelo dito. Ouvindo, nomeadamente, Brad Mehldau e Bernardo Sasseti. São duas óptimas «dicas» para começar a ouvir e gostar de Jazz.Isto na minha modesta opinião, claro.

Votos de um execelente fim-de-semana. Beijinhos! :-)

(Em relação ao meu pai, o estado de saúde dele é deveras preocupante. Tem sido uma luta constante. Mas a algo mais a moer-me a alma...Enfim! ) :-(

aracnauta disse...

concerteza que o RIC conhece os blogues da I. K. Centeno?
De excelência!
simbologiaealquimia.blogspot.com

Cantó Jazz há de tudo como no super!
Puracaso té gosto ou pelo menos estar atento ao jazz mais vanguardista, porque o jazz ou é fractura ou náo é jazz... no mais soft, há muito "fusion" e muito gato por lebre, muita krall marketeira etc... embora também goste, mas "não lhe admito" que seja jazz...(lollllll)

Enfim, pensando melhor o que eu gosto é de música e de todos os géneros...
Ainda ontem me deram a conhecer um músico português que é o máááximo: já ouviram falar do Jaimão? ( desde ontem que náo sou o mesmo...) ehehehe!

RIC disse...

Olá Carla! Ai agora eu é que sou maldoso?! O CCB tem uma página na net «muita gira»... Topas?
E se jantaste a 2 minutos do CCB, deve ter sido bem próximo de «chez moi»... Interessante!
Não morro de amores por jazz, a não ser aquele clássico e melódico. Os restantes estilos agradam-me pouco.
Espero que esse «moinho de almas» se avarie de vez!
Um bom fim-de-semana para ti! :-)

RIC disse...

Olá Aracnauta! Esse era um segredo que eu guardava, por assim dizer...
Conheço esse, sim, e «Literatura e Arte» também. Visito-os com a reverência do discípulo...
Não me ralo com a lamechice da afirmação, mas eu gosto mesmo é das velhas senhoras que cantaram belas canções! Quanto ao resto, não me posso pronunciar porque desconheço. Ou conheço muito mal...
Quanto a música em geral, concordo contigo. Seja ela boa/muito boa, e essa é «a minha praia»...
E vou ficar atento ao Jaimão! Prometo!
Bom fim-de-semana! :-)

pinguim disse...

Eu quando fôr grande quero morar nos Jerónimos, e assim sei atempadamente os concertos todos do CCB e também me dão "borlinhas", e assim a inveja será dos outros...

Quanto aos bailes dos bombeiros aos sábados à tarde, naquele bar tão "feminista", que bom era dançar um slow enroscadinho numa daquelas figuras que o Botto tão bem retratava nos seus poemas.
Belos tempos...
Bom f.d.s.

RIC disse...

Olá João! Não acredito! Não é possível! Tu também tens «Memória» do dito local?! Enquanto fazia o meu curso, essas tardes eram sagradas. Nem mesmo quando os estudos apertavam deixava de ir marcar o ponto... Quem é que precisava de ginásios? Eram 3 horas non-stop a dançar tudo e mais alguma coisa...

Morar nos Jerónimos não me parece muito provável e, se calhar, também não muito aconselhável. Mas Belém, Bom Sucesso e Pedrouços são zonas bem bonitas e pacatas...
Acrescento a informação de que NÃO foi o CCB que me ofereceu o bilhete, obviamente! Quanto às invejas alheias, nada posso fazer... Só posso esperar que passem... Rsrsrs!
Obrigado!
Bom fim-de-semana para ti também!
:-)

leone disse...

Hi Ric
I just love Jazz which I'm only recently starting to get into it to be honest. Thanks for the info' on her and I'll get downloading as soon as I finish this - legally of course (!!!???).

Have a great weekend and thanks for your recent comments on my blog - always very much appreciated.

Love
Leone x

RIC disse...

Hello Leone! You're welcome! It's a pleasure to me to travel as far as the other side of the world to read you an comment on so diverse subjects!
Let me just say that D. Reeves is that kind of jazz I can enjoy - the melodic one. As to «jam sessions» and all those improvisations, that's not my cup of tea at all...
I too enjoy your visits very much indeed. Apart from your staying in Southeast Asia, we've been in contact ever since last June, I think. This blog didn't even exist yet... Wonders of time...
Have a great weekend you too, dear Leone! You're always quite welcome here!
Hugs! :-)

Lover disse...

Realmente, tens essa vantagem... Neste país, tudo passa por Lisboa, por vezes, o resto é paisagem... Obrigado pela dica, vou tentar conhecer essa fantástica voz... Um abração e parabéns pelo blog, voltarei mais vezes... Continua assim, sempre actualizado culturalmente...

Gray disse...

My brain is dead.

The medicines have retarded me.

I cannot read English.

George W. Bush is President.

Well, Ric, do any of those four excuses explain why I mis-read the last comment? LOL!

My first comment made me look like an oaf! THIS comment is making me look like I am trying to blame the first comment on something or someone. I am. I don't want to accept the blame for not reading it correctly. lol!

Mea culpa!

RIC disse...

Olá Lover! Muito obrigado pela visita e pelo incentivo! Quanto a dicas, não tens de quê! Estou aqui também para isso. Volta sempre, és bem-vindo! (Como reparaste, respondo sempre aos comentários.)
Para ti, as maiores felicidades!
Abração! :-)

RIC disse...

Hello my dear Gray! As always, your fabulous humour! Lol!
I would say that the only one of the four «reasons» that is really dreadfully dangerous is the fact that such a moron still is president of the USA... All other three are definitely untrue!
As to a mis-reading, it happens to us all every now and then... So don't you worry about it!
I hope the «golden staph» has finally been executed! I'm against the death penalty, as you know, but only as far as human beings are concerned! As to that horrid bug, I can only hope you're managing to get rid of it!
I wish you the best, dear Gray!
Have a great weekend! :-)