sexta-feira, 22 de setembro de 2006

I. «Dimas»

Centro Cultural de Belém / Viriato – Teatro Municipal

20, 21, 22, 23 de Setembro (às 21:00) e 24 de Setembro (às 17:00)

Pequeno Auditório

Duração: 90m

Texto e encenação: Graeme Pulleyn
Interpretação: Graeme Pulleyn, Susana Branco e Carlos Bica
Composição e direcção musical: Carlos Bica
Cenografia e figurinos: Helen Ainsworth

«Uma viagem pela mão de Dimas pelo labirinto do nascimento, do amor e da morte: as três pedras mestres das nossas vidas formam os alicerces de uma história que oscila entre a luz da esperança e a escuridão do desespero, entre a alegria da vida e a purificação da morte.
Dimas é a soma de vários encontros entre o teatro, a música e a dança, produto de um processo entre a escrita teatral e a improvisação musical, um espectáculo que envolve, que seduz, que comove o seu público, que o transporta para um outro mundo. Um mundo de emoções puras, de perigos e de prazeres, um mundo de extremos, suspenso entre o real e o fantástico.Três vidas, verdadeiras na sua origem, fictícias no seu desenvolvimento, são a inspiração para este espectáculo, em que Dimas nos guia pelo labirinto da sua mina até às entranhas da terra, onde nasce a fonte da felicidade e da dor. Sem ela não sentimos, sem sentir não existimos.»


[Programa]

Recomendo o espectáculo a quem o queira apreciar.
Eu vi‑o e gostei bastante. Uma prova de que o experimentalismo em teatro não é tudo.
Não tenho quaisquer pretensões a crítico, pelo que são as minhas apreciações que me guiam: uma bela nostalgia da ruralidade, do tempo dos campos, da vida nas aldeias, dos valores rústicos.
Um excelente trabalho.

2 comentários:

Joel disse...

Thats it, you think I'm gone and you wont write in English anymore!?

lol

You could have made an homage to me at least!?

lol

Joke

RIC disse...

... Being provocative, huh?!
Le jeune homme veut un hommage en Anglais! Et pourquoi donc? Parce qu'il est en train de décider si ou bien il reste ou il s'en va...
Que les dieux de l'Olympe, qui haut vivent, viennent à mon secours!...
Et vous, Monsieur, posteriez-vous aussi en Français, ma toute première langue étrangère, pour l'honneur de ma personne? Je vous ai entendu très bien: vous avez dit non. Dommage alors...
Keep me posted, Joel! J'aime bien l'histoire/l'affaire avec ce chanteur français... Wish you all the best! :-)