sexta-feira, 29 de dezembro de 2006

Eyes of Light...



Blue eyes
Baby's got blue eyes
Like a deep blue sea
On a blue blue day
Blue eyes
Baby's got blue eyes
When the morning comes
I'll be far away
And I say

Blue eyes
Holding back the tears
Holding back the pain
Baby's got blue eyes
And she's alone again

Blue eyes
Baby's got blue eyes
Like a clear blue sky
Watching over me
Blue eyes
I love blue eyes

When I'm by her side
Where I long to be
I will see
Blue eyes laughing in the sun
Laughing in the rain
Baby's got blue eyes
And I am home,
And I am home again.

Elton John & Gary Osborne
(Thank you both so very much!)

30 comentários:

dondon009 disse...

Yes indeed, baby's got blue eyes...

And stunning they are, indeed!

Thank you for sharing.....

I hope you have a wonderful New Year.

DON~

Joel disse...

Hello!?

I'm not sure I know this song. ??

Mine are grey BTW and change color with my moods and what I wear.

They were blue till about 15.

Tongzhi disse...

Para mim não precisam de ser azuis... os olhos, ou melhor, o olhar é a primeira coisa que eu reparo numa pessoa!
Se tiveres "pachorra" dá uma vista de olhos aqui:
http://tong-zhi.blogspot.com/2005/11/olhares.html

karla disse...

Ai .... o que eu adoro esta música :)
Um beijinho.

RIC disse...

Hello dear Don! You are most welcome! Those eyes are amazing windows to the soul, as we say around here.
Thank you very much! May your best dreams come true in 2007!

RIC disse...

Hello Joel! It's an oldie indeed - 1982... You were an infant in those days... Try YouTube! I wanted to do so myself, but I guess my blog's main column is too narrow, I don't know for sure. It's a beautiful song indeed!
Aren't yours green? At least in one photo they seem to be green... Those changes are quite common for light-coloured eyes.
Friendly hugs!

RIC disse...

Olá Tongzhi! Para mim também não, mas estes são pura luz! Talvez seja do ângulo de incidência da luz, mas são lindíssimos... Lembrei-me logo da canção do Elton John!
Pois é, eu também vou muito pelos olhares... E os olhos são as janelas da alma, dizem...
Vou ver a seguir, sim. Já reparaste que sou (muito) curioso... Obrigado!
Um abraço!
(Hás-de explicar-me o sentido do teu «nickname», está bem?)

RIC disse...

Ainda bem, minha querida Karla! Lembro-me bem: eras uma menininha quando a canção fez furor por cá pouco antes do Natal de 1982... E eu fiquei «vidrado»...
Beijinhos! :-)

Tongzhi disse...

Ric,

A área é matemática, não Física e Química.
A origem do nic é uma história engraçada. Um dia destes eu conto-te!

RIC disse...

Finalmente! Alguém de Matemática! Enquanto estive no ensino, foi o grupo em que fiz mais amigos e amigas! «Folgo» com a notícia, Tongzhi!
Quanto ao »nic», está bem, fico à espera...

pinguim disse...

Ric
quando vi o post, o menino ainda estava virgem, isto é, não havia comentários...
Nada pus, fiquei à espera, (raposa matreira) da forma como te pegariam no moço.
É que eu não gosto de putos, mesmo lindos como este, e se os comentários fossem por aí, eu ficava-me por aqui.
Mas, e ainda bem, foi-se para a canção, linda, òbviamente e para os olhares. E aí, já posso falar, pois num primeiro contacto o olhar é tudo, eu até "os viro"...
Olhos azuis não me dizem muito, mas este olhar é realmente tão límpido, que apetece dar luta...
E não é só ao princípio que o olhar é importante, pois todos nós, uns mais, outros menos, falamos com os olhos.
Um abraço e um piscar de olho...

Shadow disse...

Deuses!
Não sou grande fã de olhos azuis, confesso. Porém estes...ui, ui!
Em relação aos olhos e olhares teria aqui meia dúzia de frases para «debitar» ;-) Um dia conto.
Excelente escolha música/foto.

Beijinho :-)

(Finalmente alguém de matemática?! Obrigadinhaaa...)

Tongzhi disse...

A "malta" de matemática é uma "malta" porreira... ;)
Quanto à origem do nic... já o deves saber nesta altura!
Gracias!

RIC disse...

Como estava virgem, João?! (Rsrsrs!) Brincamos ou quê?...
Curiosamente - e agora mais a sério -, nunca tive qualquer atracção por gente jovem. Quando dei com esta foto algures, foi o olhar e a luminosidade dos olhos que me prenderam. Como algo de muito belo. Tem belas feições, sem dúvida, mas é de facto a transparência daquele azul que mexe comigo. De tal modo que logo me lembrei da canção do Elton. Escusado será dizer que à data da canção estava eu sob o efeito de uns magníficos olhos azuis... E as memórias choveram em catadupa. Não deu para escrever mais nada...
Das poucas vezes que houve por aqui fotos de homens «belos» (duas? três?), nunca me confrontei com comentários menos aceitáveis.
A expressividade dos olhares é também muito importante para mim. Acho até que tive de aprender a não olhar tanto as pessoas nos olhos. Como sou míope, mesmo com lentes de contacto tenho a noção de o meu olhar é mais intenso. E para evitar problemas, aprendi a controlar-me...
Obrigado por teres voltado!
Feliz quinzena!

RIC disse...

As minhas desculpas, Carla! Serei bom na área das línguas e gueringonças correlativas, terei mesmo o dom das línguas, como alguns dizem, mas dotes de adivinho garanto-te que não tenho... Como querias, pois, que eu soubesse que também tu terás que ver com a Matemática? Disseste-mo alguma vez?
Mas ainda bem! Não havia «ninguém» e de repente há dois! Óptimo! Fico eu a ganhar, acho... (Rsrsrs!)
O rapazinho é bonito, sem dúvida, mas foi e é o olhar e a luz única dos olhos que me fascina. Sempre me conheci assim no tocante a olhos... Hei-de escrever mais sobre o assunto; tenho alguma coisa «em carteira»...
Beijinhos, cara amiga! :-)

RIC disse...

Podes crer, Tongzhi! Bem mais porreira do que a do meu ex-grupo... Quanto a isso, não tenho dúvidas.
Já sei, sim, e os meus humildes agradecimentos a Vossa Alteza por se ter dignado revelar a um plebeu um tão subido título! :-)

Manuel disse...

Estes olhos azuis têm tratamento não pelo oftalmologista, mas sim pelo photoshop...LOL A iluminação ajuda, mas não existem olhos assim...continuo a preferir os castanhos, ou os verdes como os meus...
...lá diz a musica...
Olhos azuis são ciúme
e nada valem para mim,
Olhos negros são queixume
de uma tristeza sem fim,
olhos verdes são traição
são crueis como punhais,
olhos bons com coração
os teus, castanhos leais

RIC disse...

Olá Manuel! Não me custa admitir que photoshop tenha sido o tratamento aplicado neste caso. Mas também sabemos que há de facto olhos assim.
Francisco José cantou - bem - a cor maioritária... Mas eu sempre preferi - e prefiro - as minorias. São menos auto-convencidas... Parabéns, pois, pelos teus verdes!
Muito obrigado!

Rian disse...

Oh my ... I'm a sucker for blue eyes as well. My dad has beautiful deep blue eyes, unfortunately I didn't get them.

RIC disse...

Hello Rian! That's exactly the kind of blue eyes I actually like best: deep blue. A cousin of mine also has eyes of that amazing colour... I get dizzy...
Vielen Dank, lieber Rian!
Alles Gute!

Tongzhi disse...

RIC disse...
A expressividade dos olhares é também muito importante para mim. Acho até que tive de aprender a não olhar tanto as pessoas nos olhos. Como sou míope, mesmo com lentes de contacto tenho a noção de o meu olhar é mais intenso. E para evitar problemas, aprendi a controlar-me...

Este excerto de comentário lembrou-me um episódio muito engraçado passada há alguns anos.
Posso usar este excerto para fazer um post?

Gumby disse...

those eyes! those lips!

does he make deliveries???

RIC disse...

Claro que podes, Tongzhi, desde que introduzas o «que» que eu saltei:
«Como sou míope, mesmo com lentes de contacto tenho a noção de que o meu olhar é mais intenso.»
Go ahead! Help yourself! :-)

RIC disse...

Hello Gumby! Lol&lol&lol!!!
I think so too: eyes (above all) and lips... Fascinating!
What would you like for him to deliver?... I really cannot say.
:-( I haven't the faintest idea...
But I do wish he would deliver something! Oh yes, I do!
Thanks a lot! :-)

The Thunderbird disse...

There also is David Bowie's take on Blue Eyes from his 1973 "Pinups" release in the song "Sorrow".

With your long blond hair and your eyes of blue
The only thing I ever got from you
Was Sorrow - Sorrow...


Beatle George Harrison sings these lyrics on the fade out of his LSD transporting romp titled "It's All Too Much" which is part of the Yellow Submarine soundtrack.

Then there is The Who's "Behind Blue Eyes".

No one knows what it's like
To be the bad man
To be the sad man
Behind blue eyes


Last, and certainly least, I reveal my eye colour with a picture, thought it is not worth 1000 words, it is what it is.

http://photos1.blogger.com/x/blogger/6761/2661/1600/837344/banner.jpg

RIC disse...

Hello Will! Thanks a lot! Is everything okay with you? I sense something... I just don't know... I cannot say...
E-mail me if I can be of some help.
Best wishes!

MrTBear disse...

OLá. Vim retribuir os desejos de Bom Ano de 2007.

Quando aos olhares, devo dizer que não é a luz que me chama a atenção, mas o que eles dizem. há quem queira ler os pensamentos, eu gosto de ler no olhos. O pensamento pode controlar-se, a "voz" dos olhos, nunca

Abraços
BOM ANO 2007

Shadow disse...

Duas notas breves:

- Ric, não tive a pretensão de chamar-te bruxo. Apenas 'metia-me' contigo. Estou em crer já ter referido ser da área de matemática. (Não é por uma questão de teimosia mas vou procurar o dito comentário).

- Li que usavas lentes de contacto. Também uso e penso seriamente a curto prazo, submeter-me a uma intervenção cirúrgica. Não sei se tens muitas dioptrias, mas gostaria de perguntar-te: Já te passou pela cabeça tal ideia?

RIC disse...

Olá MrTBear! Bem-vindo!
Deve ser por terem essa voz que lhes chamam as janelas da alma... Não creio que eu seja «competente» nesse tipo de leitura... Aliás, devo ser mesmo analfabeto: leio tudo ao contrário... (Desculpa o tom confessional.)
Muito obrigado pela tua gentileza! Que realizes os teus melhores desejos em 2007!

RIC disse...

Olá, querida Carla! Espero que encontres a «prova»: por uma vez que seja a minha memória não há-de ser a fortaleza impenetrável a que eu estou habituado que seja...
Quanto à cirurgia laser à miopia, não só já me passou pela cabeça como também penso fazê-la. Conheço pessoalmente vários casos de sucesso e nunca obtive informações negativas sobre a operação.
Tenho muitas dioptrias desde miúdo e uso lentes desde os 19 anos. Nunca me deram quaisquer problemas, mesmo quando fiz asneiras além da conta admissível... Agora, porém, com o aparecimento de alguma vista cansada, começa a tornar-se problemático o uso de lentes... Acho que assim que as massas o permitirem, irei à «faca». É um descanso e uma comodidade. Para não falar na perfeita nitidez dos contornos do mundo, de que sinto tanta falta...
Beijinhos! Até amanhã! :-)